menu x
menu x
menu x
menu x
menu x

Garantir a qualidade da oferta da educação infantil

Não basta ampliar o número de vagas se elas não tiverem qualidade. Processos de avaliação são essenciais para identificar o que precisa ser aprimorado


Uma educação infantil de qualidade é importante para o desenvolvimento saudável da criança e está associada a maiores níveis de sucesso acadêmico e profissional, além da redução de desigualdades sociais. Estudos mostram que creches de má qualidade, inclusive, podem até causar impacto negativo no desempenho das crianças a longo prazo.  

O Brasil avançou nos últimos anos no que diz respeito ao acesso à educação infantil, mas ainda são poucas as políticas públicas que nos permitem diagnosticar a sua qualidade. Sabemos que profissionais qualificados, práticas pedagógicas enriquecidas, espaço físico e materiais apropriados são essenciais, mas para investir na melhoria do serviço é primordial saber onde e em que aspectos ele precisa ser aprimorado. 

A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) é um importante elemento para a garantia da qualidade na educação infantil. Ela descreve objetivos de desenvolvimento e aprendizagem que devem nortear a prática do professor em creches e pré-escolas, respeitando as especificidades de cada faixa etária.

>> Leia também: Parâmetros Nacionais da Qualidade da Educação Infantil – Apoiando contextos de interações, brincadeiras e linguagens promotores das aprendizagens e desenvolvimento das crianças de 0 a 5 anos

O que não se pode medir não se pode melhorar e, por isso, é fundamental que os municípios implementem processos de avaliação da qualidade da educação infantil, que levem em conta a infraestrutura das unidades, os materiais disponíveis e práticas pedagógicas realizadas. Espera-se que, a partir dos resultados, possam ser aprimorados os processos de gestão tanto no nível dos municípios quanto das unidades educativas, promovendo ações que visem a melhora da qualidade do serviço prestado. 

>> Veja também: Daniel Santos elenca características que tornam uma educação infantil de qualidade

É responsabilidade dos municípios oferecer assistência técnica e supervisão adequada para garantir a qualidade em suas unidades diretas e também em entidades conveniadas, filantrópicas e assistenciais.  

PARA APROFUNDAR